A SERES facilita o financiamento das faturas e ajuda a reduzir o Prazo Médio de Pagamento

pt Lisboa, 5 de setembro de 2019

O objetivo principal de qualquer fatura é ser paga. Se as empresas pagam antes, o seu ritmo de atividade e crescimento será mais rápido. Porém, segundo o estudo “Payment Behaviour 2018”, realizado pela Euler Hermes, o Prazo Médio de Pagamento (PMP) das empresas portuguesas é de 74 dias. De esta forma, Portugal é, junto com a Espanha, a Grécia e os Países Baixos, um dos países europeus no qual mais aumentou o Prazo Médio de Pagamento.

Segundo o estudo, em Portugal, uma de cada quatro empresas privadas recebe após 120 dias, não obstante, o Prazo Médio de Pagamento varia em função dos diferentes setores de atividade. Assim, o PMP das empresas portuguesas do setor retail é de 17 dias, seguido das empresas relacionadas com a indústria do papel (46 dias) e as empresas do setor utilities (48 dias). No lado oposto, os setores que mais demoram em pagar são o tecnológico e os transportes, com um Prazo Médio de Pagamento de 99 dias.

A fatura eletrónica é um elemento fundamental para reduzir os prazos de pagamento das empresas, dado que a automatização e a rastreabilidade que oferece agiliza consideravelmente todos os processos. Por esta ração, a SERES oferece a possibilidade de financiar faturas, permitindo o pagamento antecipado das mesmas para que as empresas consigam custear a sua atividade de forma imediata e melhorar a liquidez.

O serviço de adiantamento e financiamento de faturas da SERES, juntamente com o serviço Track2Pay, para a monitorização de faturas e gestão proativa e automatizada antes do seu vencimento, permite transformar e melhorar o departamento financeiro das empresas em todas as etapas: administrativa e de elaboração / receção de faturas. Controle e monitorização, aprovação, contabilidade, relato fiscal, processo de cobrança e tesouraria.

 

Obtenham mais informações

Fatura Eletrónica em Portugal