As Administrações Públicas portuguesas criam diferentes pontos de entrada de faturas eletrónicas

pt Lisboa, 26 de março de 2019

Os esforços de Portugal para estabelecer a fatura eletrónica B2B e a entrada em vigor, no próximo dia 18 de abril, do regulamento da União Europeia que obriga as administrações públicas dos países membros a utilizar um formato comum de fatura eletrónica em todas as contratações públicas, impulsionaram a criação de diferentes pontos de entrada de faturas eletrónicas em diferentes administrações, entidades e Autoridades Públicas Portuguesas.

A ideia inicial do Governo era que a Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. (eSPap), fosse o primeiro e único portal de entrada, no entanto, tal como aconteceu noutros países europeus, os pontos de entrada das faturas emitidas às AP multiplicaram-se durante os últimos meses.

Apesar do grande problema de conectividade que constitui para as empresas o aparecimento de vários pontos de entrada em Portugal, felizmente, esta multiplicação de pontos de entrada de faturas eletrónicas partilha o mesmo formato, o CIUS-PT, baseado no modelo UBL 2.1., que foi definido pela legislação portuguesa para funcionar eletronicamente com a administração pública, independentemente do ponto de entrada da fatura. Deste modo, os novos pontos respeitam os modelos estabelecidos pelo regulamento do país com o objetivo de facilitar as transações eletrónicas, simplificando a emissão de faturas por parte dos operadores.

A SERES trabalha há meses com as empresas obrigadas a emitir faturas eletrónicas às A.P. para ter tudo em ordem, de forma a permitir aos clientes cumprir todos os requisitos regulamentares e técnicos estabelecidos pela DGCI (Direção Geral dos Impostos) e a compatibilidade total com os diferentes pontos de entrada. Em Portugal, a nossa experiência começou por oferecer os nossos serviços aos clientes de Espanha em Portugal e, desde 2012, que a SERES tem uma presença direta no país com um escritório em Lisboa. A SERES foi um dos primeiros operadores de fatura eletrónica em Portugal e a nossa solução para o SAF-T encontra-se certificada pela Autoridade Tributária e Aduaneira. Como acontece noutros países, a nossa vocação é ser um parceiro ativo tanto das A.P. portuguesas como das empresas, ao colaborar no sucesso desta transformação tecnológica.

 

Obtenham mais informações

Fatura Eletrónica em Portugal

Please publish modules in offcanvas position.